PROGRAMAÇÃO MARÇO 2016

Dia 1
21h30
Cinema
O FILHO DE SAUL

Dia 2
21h30
Teatro *
NO LIMITE DA DOR 
Pela Companhia Lendias D'Encantar (Portugal)

Dia 3
11h00/14h30 - Sessões para Escolas
Teatro *
ESCURIDÃO BONITA
Pelo UmColetivo (Portugal)

21h30
TALVEZ EU ME DESPEÇA
Pela Companhia AFETA (Brasil)

Dia 4
21h30
Teatro *
A VECES GRITO
Pela Casa de Teatro (República Dominicana)

Dia 5
21h30
Teatro *
JACINTO Y NICOLASA
Pelo Teatro de Babel (México)

Dia 6
15h00
Cinema Infantil
NORM: O HERÓI DO ÁRTICO

Dia 8
21h30
Cinema
JOGO DE DAMAS

Dia 9
21h30
Teatro *
VAI VEM
Pelo Gato SA (Portugal)

Dia 10
21h30
Teatro *
SAY HELLO PARA O FUTURO
Pelo Teatro Por Que Não (Brasil)

Dia 11
21h30
Teatro *
OTELO
Pela Companhia Viajeinmóvil (Chile)

Dia 12
21h30
Teatro *
ME LLAMO SULEIMÁN
Pela Companhia UnaHoraMenos Producciones (Espanha)

Dia 15
21h30
Cinema
O JULGAMENTO: FRONTEIRA DE ESPERANÇA

Dia 16
21h30
Música
DUO ENCORE2ª Temporada de Concertos CRBA
Coprodução Conservatório Regional do Baixo Alentejo/Câmara Municipal de Beja

Dia 17
21h30
Multidisciplinares
III GLEEKETTCLUB
Org. KETTCLUB | Apoio Câmara Municipal de Beja

Dia 18
21h30
Cinema
DEUS EXISTE E VIVE EM BRUXELAS

Dia 19
21h30
Música
DEOLINDA
Coprodução Sons em Trânsito/Câmara Municipal de Beja

Dia 20
15h00
Cinema Infantil
ALVIN E OS ESQUILOS – A GRANDE AVENTURA

Dia 22
21h30
Cinema
MUSTANG

Dia 24
21h30
Música
14º Curso de Instrumentistas - Espetáculo Final
Org. Conservatório Regional do Baixo Alentejo | Apoio Câmara Municipal de Beja

Dia 26
21h30
Cinema
EXODUS: DEUSES E REIS - 3D

Dia 29
21h30
Cinema
NOSTALGIA DA LUZ

Dia 30
21h30
Música
TANGO PARIS

Dia 31
21h30
Música
VOZES DO IMAGINÁRIO 
Espetáculo no âmbito das Comemorações do 70.º Aniversário da INATEL Beja
Organização Fundação INATEL | Apoio Câmara Municipal de Beja

* Integrado no FITA - Festival Internacional de Teatro do Alentejo

VOZES DO IMAGINÁRIO

31 Março - 21h30
Entrada Gratuita - M6

pelo
Do Imaginário – Associação Cultural

Espetáculo no âmbito das Comemorações do 70.º Aniversário da INATEL Beja 

Coro de vozes femininas, que se dedica ao vasto repertório das polifonias tradicionais portuguesas para vozes femininas. O legado de Michel Giacometti e F. Lopes Graça é o elemento de partida desta revisita à tradição musical portuguesa, englobando desde as polifonias femininas do Minho até às modas de trabalho do Alentejo, canções de romaria das Beiras, cantos das festas natalícias do Minho ao Algarve e ainda canções de José Afonso. A inclusão de sonoridades de instrumentos como o contrabaixo, percussões e sopros, conferem a este grupo características invulgares, estabelecendo uma curiosa ponte entre a tradição e o nosso tempo.

Organização Fundação INATEL | Apoio Câmara Municipal de Beja

TANGO PARIS

30 Março - 21h30
2€ - M6

Das longas planícies alentejanas, queimadas pelo sol, até aos clubes de tango da capital francesa, nascem em Janeiro de 2012 os Tango Paris, banda de Beja com sonoridades que vão desde o Western Rock ao Blues, passando pelo Tango e Fado, enquanto meios de conjugação cinematográfica de bandas sonoras que alimentam o imaginário de um país antigo, repleto de histórias e de bons costumes.
Da pesca ao trabalho no campo, do pão e vinho até ao cheiro da calçada lusitana, terminando a viagem de noite em coletividades onde reina o convívio da população com música e festa, os Tango Paris são isso mesmo, a espontânea criação musical porque música é cultura!

Ficha Artística
Guitarras e melódica Alexandre Catarino
Bateria Tiago Catarino

NOSTALGIA DA LUZ

29 Março - 21h30
3€ - M12

De Patricio Guzmán
Com Gaspar Galaz, Lautaro Núñez, Luís Henríquez e Victor Gonzalez

Ano 2010
Duração 90 minutos
Género Drama/Documentário
País França, Alemanha, Chile, Espanha, Estados Unidos da América
Estreia em Portugal 2016-02-11

O deserto de Atacama localiza-se na região norte do Chile até à fronteira com o Peru. A 3000 metros de altitude e com cerca de 1000 quilómetros de extensão, é considerado o deserto mais alto e mais árido do Mundo, com níveis de precipitação próximos do zero. Por causa disso, o solo de Atacama é comparado a Marte. As temperaturas variam entre os 0º C à noite os 40º C durante o dia. Devido à sua altitude, nuvens quase inexistentes, ar seco e falta de poluição luminosa, este é um dos melhores lugares do Mundo para a observação astronómica e é lá que muitos cientistas procuram vida extraterrestre e tentam perceber os enigmas do Universo. Mas também é no deserto de Atacama que algumas mulheres procuram os restos mortais de familiares perdidos: exploradores, mineiros, índios ou prisioneiros políticos da ditadura de Pinochet…

EXODUS: DEUSES E REIS – 3D

26 Março - 21h30
3€ - M12

De Ridley Scott
Com Christian Bale, Joel Edgerton, Ben Kingsley, Sigourney Weaver, Ben Mendelsohn e John Turturro

Ano 2014
Duração 150 minutos
Género Drama, Aventura
País EUA
Estreia em Portugal 2014-12-11

Um retrato de Moisés, uma das mais relevantes personagens bíblicas. Legislador e líder espiritual, está, segundo a tradição, entre os maiores protagonistas da História da Humanidade. Nesta aventura épica, são revelados alguns dos momentos-chave da sua vida, desde a sua adoção pela família real egípcia ao desafio a Ramsés – o faraó que cresceu a seu lado como um irmão –, quando decide libertar 600 mil escravos hebreus e levá-los numa monumental jornada de salvação para longe do Egipto. Profeta do Cristianismo, do Judaísmo e do Islamismo, Moisés definiu as bases da moral pelas quais se rege grande parte do mundo há mais de três mil anos.

14º CURSO DE INSTRUMENTISTAS – ESPETÁCULO FINAL

24 Março - 21h30
1,5€ - M6

A 14ª edição do Curso para Instrumentistas realiza-se de 21 a 24 de Março de 2016, na sede do CRBA e no Pax Julia – Teatro Municipal.
Contamos mais uma vez com uma forte presença de instrumentistas oriundos de Norte a Sul do País, permitindo uma alargada troca de experiências, quer ao nível pessoal, quer ao nível do agrupamento a que pertencem. A direção da orquestra de sopros estará a cargo dos Maestros Carlos Amarelinho e Ricardo Carvalho. O corpo docente de apoio ao curso contará com a colaboração dos professores do CRBA, que constitui o garante na continuação de um ensino de qualidade.

Organização Conservatório Regional do Baixo Alentejo | Apoio Câmara Municipal de Beja

MUSTANG

22 Março - 21h30
3€ - M12

De Deniz Gamze Ergüven
Com Günes Sensoy, Doga Zeynep Doguslu e Elit Iscan

Ano 2015
Duração 97 minutos
Género Drama
País França
Estreia em Portugal 2016-02-18

No início do verão, numa aldeia no norte da Turquia, Lale e as suas quatro irmãs terminam as aulas e divertem-se na praia com colegas de escola. O seu comportamento, apesar de inocente, provoca um escândalo de consequências inesperadas.
Órfãs de pai e mãe, as cinco irmãs estão à guarda da avó conservadora e à mercê dos caprichos de um tio retrógrado. A casa da família transforma-se lentamente numa prisão, a escola é substituída por aulas de tarefas domésticas e culinária, e os seus casamentos começam a ser arranjados.
Movidas pelo mesmo desejo de liberdade, as cinco irmãs procuram por todos os meios contornar as regras que lhes são impostas.

ALVIN E OS ESQUILOS – A GRANDE AVENTURA

20 Março - 15h00
2€ - M6

De Walt Becker
Vozes Portuguesas Mário Santos, Jorge Seabra e Rui Oliveira

Ano 2016
Duração 86 minutos
Género Aventura, Animação, Comédia
País EUA
Estreia em Portugal 2016-02-04

Através de uma série de mal-entendidos, Alvin, Simon e Theodore passam a acreditar que Dave se prepara para os abandonar após pedir a sua nova namorada em casamento. Os Chipmunks têm apenas três dias para o impedir, ficando a salvo não só de perder Dave, mas também de ganharem um terrível meio-irmão.

DEOLINDA

19 Março - 21h30
10€ - M6

Os Deolinda estão de volta! Três anos após terem partilhado connosco o seu “Mundo Pequenino” e terem tornado o seu Mundo mesmo pequenino com uma extensa digressão que os fez pisar muitos palcos portugueses e internacionais, a banda regressa agora com um novo disco que promete voltar a instalar-se nas gargantas e nos corações do público.
É impossível fazer a banda sonora dos últimos 8 anos em Portugal sem que os Deolinda protagonizem um papel muito relevante. São cerca de 600 concertos espalhados por inúmeros países, 7 galardões de platina, 4 discos de ouro, 3 Globos de Ouro, 1 Prémio Amália Rodrigues, 1 Prémio José Afonso, 1 Songlines Music Award entre muitas outras distinções.
Porém, mais que os números, é a profunda relação afetiva entre a banda e o público que tem assegurado uma das carreiras mais bem sucedidas da música portuguesa. Terminamos como começámos: Os Deolinda estão de volta! E isso é imperdível!

Ficha Artística
Voz Ana Bacalhau
Contrabaixo José Pedro Leitão
Guitarra Luís José Martins
Guitarra Pedro da Silva Martins
Percussão Sérgio Nascimento

Coprodução Sons em Trânsito/Câmara Municipal de Beja

Disponível o Serviço de Kidsitting

DEUS EXISTE E VIVE EM BRUXELAS

18 Março - 21h30
3€ - M12

De Jaco Van Dormael
Com Pili Groyne, Benoît Poelvoorde, Catherine Deneuve, François Damiens e Yolande Moreau

Ano 2015
Duração 113 minutos
Género Comédia
País Bélgica
Estreia em Portugal 2016-03-10

Deus existe! Vive em Bruxelas, é um estupor e maltrata a mulher e a filha. Sabemos muito do seu filho, mas pouco se sabe da sua filha. Chama-se Ea e tem 10 anos. Um dia, Ea revolta-se contra o pai, entra-lhe no computador e transmite a toda a gente do mundo a sua hora de morte por SMS...

III GLEEKETTCLUB

17 Março - 21h30
2€ - M3

Nesta festa não faltará alegria, fantasia, dança, música e animação e mais surpresas surgirão…

Org. KETTCLUB | Apoio Câmara Municipal de Beja

DUO ENCORE

16 Março - 21h30
2€ - M6

Espetáculo integrado na II Temporada de Concertos do CRBA

Formação de música de câmara constituída por Fernando Pernas (clarinete) e José Micael (guitarra).
Com 13 anos de existência, tem reunido e interpretado um repertório que abrange várias épocas e estilos musicais, de Bach a Debussy passando por Haendel, Purcell, Schubert, Dvorak, Fauré, Satie, J. Rodrigo, não esquecendo compositores de caráter mais descontraído mas igualmente virtuosos, como Astor Piazzola, Heitor Villa-Lobos, Scott Joplin ou os choros Brasileiros de Benedito Lacerda, Pixinguinha, Celso Machado e Hermeto Pascoal.

Coprodução Conservatório Regional Baixo Alentejo | Câmara Municipal de Beja

O JULGAMENTO: FRONTEIRA DE ESPERANÇA

15 Março - 21h30
3€ - M12

De Stephan Komandarev
Com Assen Blatechki, Ovanes Torosian e Ina Nikolova

Ano 2014
Duração 115 minutos
Género Drama
País Bulgária
Estreia em Portugal 2016-02-18

Numa zona rural situada entre as fronteiras da Bulgária, Turquia e Grécia vive Mityo e o seu filho Vasko, de 18 anos. Desde o falecimento da mãe que o relacionamento entre ambos se vem revelando cada vez mais difícil. Tudo se agrava quando Mityo é despedido e percebe que está à beira de perder a casa onde moram. É então que resolve aceitar uma proposta de um antigo colega, que lhe oferece emprego no contrabando de imigrantes ilegais. Porém, apesar de saber que não tem alternativa senão aceitar, para Mityo esta situação traz-lhe lembranças de tempos terríveis, que há 25 anos se esforça por esquecer…

ME LLAMO SULEIMÁN

12 Março - 21h30
3€ - M12

Pela Companhia UnaHoraMenos (Espanha)

Esta adaptação teatral da novela homónima escrita por Antonio Lozano conta a história de Suleimán, um menino que, farto da terrível situação de pobreza que vive no seu país, Mali, decide partir com o seu amigo Musa para a próspera Europa. Aí esperavam trabalhar e conseguir o dinheiro suficiente para regressar e abrir os seus próprios negócios, para ajudarem as suas famílias, mas a viagem é dura e difícil. Deverão cruzar o deserto em camiões incómodos e apinhados de expatriados que, como eles, procuram uma vida melhor. Chegarão até à fronteira com Melilha, mas, aí, a travessia da vedação será complicada. Todavia, Suleimán não se dará por vencido e voltará a tentar a viagem, desta vez por mar.
Em cena, Isabel, uma companheira de escola de Suleimán, é encarregue, juntamente com o trabalho de animação audiovisual de Juan Carlos Cruz, e sob a direção de Mario Vega, de narrar esta história, que não é mais do que a viagem empreendida por um menino com o único fim de alcançar os seus sonhos…

Ficha Técnica e Artística
Direção Mario Vega
Intérprete Marta Viera
Diretor de audiovisuais Juan Carlos Cruz
Desenhadores audiovisuais Marga Turnbull y Mariano Romero
Animadores María Dolores Abujas y Elvis Pedro Nsue
Desenho de luzes e coordenação técnica Tomás Charte
Direção de arte Elena Gonca
Música Salif Keita
Produção executiva Pedro Carballido
Social Media, Web e RRSS Héctor Muñoz
Comunicação e imprensa Paco Medina
Desenho Gráfico Unahoramenos
Fotografia Tere Ruano
Assistência à construção de cenografias Raquel Santana y Pepe Juan
Produção Unahoramenos Producciones SL.
Coprodução Ayuntamiento de Agüimes
Duração 70 minutos

Integrado no





Org. Lendias D'Encantar | Apoio Câmara Municipal de Beja

OTELO

11 Março - 21h30
3€ - M12

Pelo Viajeinmóvil (Chile)

Uma história de inveja, ódio, racismo, ciúmes e traições, escrita por W. Shakespeare, em 1604. A relação amorosa entre Otelo e Desdémona é posta em xeque quando Yago decide vingar-se do seu Almirante e amigo Otelo, depois de não ter sido promovido a tenente. A companhia chilena Viajeinmóvil apresenta uma adaptação da tragédia, utilizando um elaborado jogo de manipulação de objectos, com um actor e uma actriz representando os personagens principais. Partindo da relação com o melodrama das telenovelas e das relações pessoais, aproxima a peça em direcção ao duro drama da violência contra as mulheres, tão comum na América Latina. As cenas combinam momentos de grande precisão técnica, humor e tragédia para colocar em cena um dos textos mais importantes do autor inglês.

Ficha Técnica e Artística
Baseado em “Otelo, o mouro de Veneza” de William Shakespeare
Adaptação e Direção Jaime Lorca, Teresita Iacobelli e Christian Ortega
Intérpretes Nicole Espinoza e Jaime Lorca
Assessoria de Desenho Integral Eduardo Jiménez
Música Original Juan Salinas
Figurinos Loreto Monsalve
Desenho de Luz Tito Velásquez
Sonoplastia Gonzalo Aylwin
Fotografia Rafael Arenas-Sandra Zea
Cartaz Hugo Covarrubias
Produção Viajeinmóvil
Duração 60 minutos

Integrado no





Org. Lendias D'Encantar | Apoio Câmara Municipal de Beja

SAY HELLO PARA O FUTURO

10 Março - 21h30
3€ - M12

Pelo Teatro Por Que Não? (Brasil)

E disse o filósofo: “Posto, logo existo”. Mas… Espera aí! A frase não era diferente? Será?
Para discutir sobre a nova realidade das tecnologias e redes sociais, com sua constante evolução e contínua transformação, o Teatro Por Que Não? apresenta: SAY HELLO PARA O FUTURO.
Utilizando o teatro – a primeira e mais inovadora rede social -, os absurdos quotidianos relacionados à tecnologia são colocados em voga, mostrando que o que há pouco parecia longínquo não está tão distante assim. Em um lugar onde tudo parece possível, as situações virtuais compõe as cenas, submersas entre posts, selfies, timelines e hashtags.

Ficha Técnica e Artística 
Direção Felipe Martinez
Elenco Aline Ribeiro, André Galarça, Juliet Castaldello e Luiza De Rossi
Texto Criação coletiva
Produção audiovisual Gustavo Martinez e Maurício Fanfa
Cenografia Cristiano Bittencourt
Figurino Anderson Martins
Costureira Tânia Galarça
Soluções tecnológicas Lucas Guillande
Iluminação Rafael Jacinto
Sonoplastia Vinicius Bertolo
Colaboração Bruno Medeiros, Geison Sommer, Marcele Nascimento, Janaina Castaldello, Entalier, Latino América Comunicação
Produção Teatro Por Que Não?
Duração 90 minutos

Integrado no





Org. Lendias D'Encantar | Apoio Câmara Municipal de Beja

VAI VEM

9 Março - 21h30
3€ - M6

Pelo Gato SA (Portugal)

Um espetáculo de teatro físico
Um homem, um motivo, um lugar e começa a viagem.
A rota? Desconhecida.
Importa? Talvez não.

Tantas vezes repetida a história do destino e ainda que familiar, as perguntas, os desejos e os sonhos são distintos. Aqui, quatro personagens, as suas histórias, um naufrágio e o alto mar. Encontrar o amor, escapar ao passado, fugir ao dever e encontrar um lugar onde voltar a semear, motivam a decisão de partir destes seres que sem bilhetes de volta soçobram num oceano imenso. Uma viagem incerta, inacabada e infinita, aparece suspensa num cenário através de mínimos relatos que nos lembram o Homem, tão familiar e enigmático, tão próprio como estranho, tão migrante como estático. Vai Vem é uma viagem visual onde o corpo e o silêncio são os protagonistas. Inspirada na migração como território visual e no teatro físico como ferramenta narrativa, a obra apresenta as personagens como sombras sem tempo que deambulam cruzando as suas histórias e, como um caleidoscópio, nos falam dos desapegos, da ilusão, dos vazios humanos, dos medos, da solidão, do amor, da vida e dos impulsos que nos levam a partir.

Ficha Técnica e Artística
Encenação Juan Carlos Agudelo Plata
Dramaturgia Ángela Valderrama
Interpretação Helena Rosa, Marina Leonardo, Raul Oliveira e Tomás Porto
Assessoria Mário Primo
Desenho de Luz Rui Senos
Sonoplastia Jorge Oliveira
Animações Multimédia Rui Senos, Nuno Cintrão
Máscaras Mário Primo
Adereços e figurinos Colectivo
Designer gráfico Pedro Dias
Fotografia José Mónica e Paulo Chaves
Produção Gato SA (Portugal)
Duração 60 minutos

Integrado no





Org. Lendias D'Encantar | Apoio Câmara Municipal de Beja

JOGO DE DAMAS

8 Março - 21h30
3€ - M14

De Patrícia Sequeira
Com Fátima Belo, Rita Blanco, Maria João Luís, Ana Nave e Ana Padrão

Ano 2016
Duração 89 minutos
Género Drama
País Portugal
Estreia em Portugal 2016-01-28

Cinco mulheres reencontram-se devido ao funeral de Marta, uma amiga em comum. Ao longo de uma noite, que decidem passar na casa de turismo rural que Marta nunca chegou a inaugurar, as cinco mulheres dividem segredos, recordam a amizade que as une e refletem sobre a existência…

NORM: O HERÓI DO ÁRTICO

6 Março - 15h00
2€ - M6

De Trevor Wall
Vozes Portuguesas Rui Unas, Luciana Abreu e João Baião

Ano 2016
Duração 86 minutos
Género Animação/Comédia
País EUA/Índia
Estreia em Portugal 2016-01-14

Norm é um simpático (e muito corajoso) urso polar, que possui um dom raro herdado do avô: sabe falar a língua dos homens. Quando descobre que os humanos pretendem construir enormes condomínios e estâncias de férias no Árctico, a sua terra natal, pondo em perigo a existência dos que lá habitam, decide que tem de fazer algo para o impedir. Para isso, reúne um grupo de amigos com um estilo muito peculiar e segue viagem até Nova Iorque (EUA). É assim que, tomado por um homem comum vestido de mascote, ele vai conseguir infiltrar-se na grande empresa que tenciona lucrar com o turismo no Árctico.
Mas será que a sua valentia e determinação são suficientes para combater a ambição desmedida dos seres humanos?

JACINTO Y NICOLASA

5 Março - 21h30
3€ - M12

Pelo Teatro de Babel (México)

Uma obra forjada a partir de dois monólogos entrelaçados, cujos protagonistas são indígenas rarámuris. Camila Villegas, através destas personagens, dá conta do modo como é aplicada a justiça nas comunidades indígenas. É a história de um assassino que é, na realidade, um herói, e a de um criminoso que na realidade é uma vítima, duas histórias que decorrem paralelamente e que se unem pela indagação em torno do tema da justiça, e do modo como se percebe ou concebe em diferentes comunidades indígenas, especialmente na Serra Tarahumara.
Enquanto Jacinto informa que cometeu um assassinato, Nicolasa pede às autoridades que encontrem o seu filho recém-sequestrado. A Jacinto pedem que «volte mais tarde» porque o juiz não está, e a Nicolasa, para além de pedir dinheiro, sugerem-lhe que organize melhor a sua comunidade na busca pelo seu filho. Juntos terão que ir e vir para encontrar uma justiça que não encontram nos edifícios das autoridades municipais.

Ficha Técnica e Artística
Autoria Camila Villegas
Interpretação Olivia Lagunas e Bernardo Velasco
Encenação Alberto Lomnitz
Produção Teatro de Babel – Dramafest
Duração 60 minutos

Integrado no





Org. Lendias D'Encantar | Apoio Câmara Municipal de Beja

A VECES GRITO

4 Março - 21h30
3€ - M12

Pela Casa de Teatro (República Dominicana)

Um homem conturbado, aprisionado nos limites da loucura, carregado com um passado trágico, proveniente de um ambiente familiar complicado, apresenta-se perante um psiquiatra, apresenta-se perante o seu próprio delírio, e conta-nos a sua descrença no mundo e em todas as crenças. Neste exorcismo parece descobrir o motivo das suas negações e, por sua vez, encontrar a luz.

Ficha Técnica e Artística
Texto Freddy Ginebra
Interpretação Alejandro Vasquez
Encenação Raúl Martín
Assistente de Encenação Rey Trujillo
Desenho de Luzes Raúl Martín
Cenografia e Figurinos Raúl Martín
Sonoplastia Raúl Martín
Duração 50 minutos

Integrado no





Org. Lendias D'Encantar | Apoio Câmara Municipal de Beja

TALVEZ EU ME DESPEÇA

3 Março - 21h30
3€ - M12

Pela Companhia AFETA (Brasil)

São cinco e meia da manhã. Desmaio na cama. Meia hora depois, meu telefone começa a tocar sem parar. Quando acordo, há várias ligações não atendidas e um susto no peito. Dois anos depois daquela madrugada, volto à cena para lembrar de uma amiga que não pôde se despedir.
Em outubro de 2012, a jovem atriz belo-horizontina Cecília Bizzotto, de 32 anos, era assassinada dentro de sua própria casa. Foi nesse contexto que teve início a concepção do espetáculo “Talvez eu me despeça”, no qual a ausência de Cecília serve como ponto de partida para uma poética e comovente reflexão em torno da incontornável finitude das relações humanas, ali atenuada pela constante transformação de matéria em memória.

Ficha Técnica e Artística
Concepção Beatriz França e Ludmilla Ramalho
Direção Ludmilla Ramalho
Atriz/performer Beatriz França
Dramaturgia Daniel Toledo
Pesquisa dramatúrgica Beatriz França e Daniel Toledo
Instalação-cenográfica e figurino Ana Luisa Santos
Composição de Imagens eletrónicas Carlos Magno Rodrigues
Iluminação Leonardo Pavanello
Trilha Sonora Patrícia Bizzotto e Barulhista
Direção de movimento Christina Fornaciari
Preparação corporal Christina Fornaciari e Guilherme Morais
Preparação Vocal Amanda Prates
Professor de Arte marcial chinesa Thiago Borges
Assessoria de Imprensa João Marcos Veiga
Conteúdo de Redes sociais Ivana Almeida
Designer Nando Motta
Fotógrafo Guto Muniz
Coordenação Geral Ludmilla Ramalho
Produção Executiva Afinal Cultura – Alê Abreu e Val Soares
Realização Cia Afeta
Duração 60 minutos

Integrado no 





Org. Lendias D'Encantar | Apoio Câmara Municipal de Beja

ESCURIDÃO BONITA

3 Março - 11h00/14h30
Entrada Gratuita - M3

Pela Companhia UmColetivo (Portugal)

Sessões para Escolas mediante marcação

Aos pais, aos filhos e às eternas crianças.
Queremos contar uma história como as história são para ser contadas, com afetos. O teatro é um lugar escurinho e mágico, com as luzes surpreendentes da imaginação a interromper a noite, aqui e ali, onde dizemos “era uma vez” e, depois, sonhamos todos juntos a história de um beijo.
A nossa história é muito cheia de cheirinhos e sabores e abraços indolores. É uma história que se faz muitas vezes, a pouco e pouco, com apenas vinte pessoas na sala.
Acontece como uma música longa e em segredo, que interrompe o coração, e, por isso, chamamos-lhe ESCURIDÃO BONITA.

Ficha Técnica e Artística
Texto Ondjaki
Conceito Cátia Terrinca e João P. Nunes
Interpretação Cátia Terrinca
Imagem João P. Nunes
Sonoplastia e Música João Filipe
Sonoplastia Original Alexandre Vaz

Integrado no 





Org. Lendias D'Encantar | Apoio Câmara Municipal de Beja

NO LIMITE DA DOR

2 Março - 21h30
3€ - M12

Pela Companhia Lendias D'Encantar (Portugal)

Quatro histórias que se entrelaçam numa peça que traz aos espectadores de hoje, a experiência vivida por muitos portugueses às mãos da PIDE, durante os anos da ditadura. Uma profunda reflexão sobre a resistência, o medo, a humilhação, a dor e a dignidade do ser humano – esta é a proposta que fazemos ao espectador de hoje, às novas gerações que provavelmente terão dificuldade em compreender a sua real dimensão.
Duas mulheres e dois homens: Georgina, Luís Moita, Conceição e Domingos, transitam durante setenta e cinco minutos ante os nossos olhos, mas não são personagens teatrais, são personagens reais que testemunham através da emoção e da técnica de um grupo de atores, experiências por eles vividas e que nos chamam a atenção para a importância dos ideais, das convicções e da família.
No Limite da Dor é uma peça que colocamos nas mãos do espectador atual, sobretudo pela importância de dar a conhecer e suscitar o debate, sobre as situações colocadas pelas personagens. São, sem dúvida, dados importantes para que possamos preservar uma memória coletiva, sobre acontecimentos tão dramáticos vividos pelo povo Português.

Ficha Técnica e Artística
A partir do livro No Limite da Dor, de Ana Aranha e Carlos Ademar
Encenação Júlio César Ramirez
Interpretação Ana Ademar e António Revez 
Cenografia Júlio César Ramirez
Figurinos, Grafismo e Fotografia Ana Rodrigues
Banda Sonora João Nunes e participação de Fernando Pardal
Desenho de Luz e Sonoplastia Ivan Castro
Operação de Luz e Som Ivan Castro
Construção de Cenário Ivan Castro | Ana Rodrigues
Produção Executiva Rafael Costa
Duração 60 minutos

Integrado no 





Org.
Lendias D'Encantar | Apoio Câmara Municipal de Beja 

O FILHO DE SAUL

1 Março - 21h30
3€ - M16

De László Nemes
Com Géza Röhrig, Levente Molnár e Urs Rechn

Ano 2015
Duração 107 minutos
Género Drama
País Hungria
Estreia em Portugal 2016-02-25

Saul Ausländer é um membro húngaro do Sonderkommando, o grupo de prisioneiros judeus isolados do campo de concentração e forçados a dar apoio aos Nazis no processo de exterminação em larga escala. Durante os trabalhos num dos crematórios, Saul descobre o corpo de um rapaz que ele reconhece como sendo o seu filho. Enquanto os Sonderkommando planeiam uma revolta, Saul fica obcecado com uma missão impossível: salvar o corpo do rapaz de uma autópsia e encontrar um rabino para lhe recitar as orações Kaddish e realizar o funeral.